Feliz Ano Novo, Feliz Aniversário e Novidades

Tempo de leitura: 4 minutos

cruzeiro-campeao

Olá amigos!

Hoje é dia 2 de janeiro de 2014 (pra você que não tem calendário), e já estamos no ano novo (pra você que não sabe como funciona o esquema de ano novo). Além disso, hoje é o aniversário de 93 anos do Cruzeiro (pra você que… ok parei com isso) e *liga a vinheta* quem ganha o presente é você. A partir de agora, como resolução de ano novo e/ou presente pelos 93 anos do Cruzeiro, o Cerveja terá posts diários, de manhãzinha, pra você tomar café e saber tudo o que acontece com a nossa equipe.

Então vamos começar com a melhor notícia do dia. Ernesto Farías está de volta ao clube. Êêêêê. O jogador, que chegou ao Cruzeiro em 2010, ainda tem mais seis meses de contrato e vai se reapresentar à equipe no dia 6 de janeiro. É mais um daqueles maravilhosos casos de jogadores que preferem receber tranquilos sentados no banco do que jogar futebol, recebendo um pouco menos, em equipes que querem contar com seus serviços.

Mas pensando bem, deve ser difícil largar 200 mil reais por mês, num clube vitorioso que paga em dia, pra tentar a sorte num time quebrado da Argentina ou coisa do tipo. Fazendo as contas rapidamente, Farías tem 6 gols em 35 jogos, e já recebeu do clube cerca de 8 milhões de reais. É mais de 1 milhão e 300 mil reais por gol marcado. Farías é o jogador com o gol mais caro do mundo. Mas como foi bem apontado por um seguidor, Farías fez gols importantes, um contra o Inter e outro contra o Atlético Goianiense, que nos ajudou a permanecer na série A em 2011, então valeu a pena.

Se um hermano vai ficar no clube, outro pode ter mudado de ideia. Samúdio, o jogador piada pronta, ficou sabendo do interesse do Cerro Porteño em seu futebol, e mudou o discurso. Agora ele diz:

Até agora estou para jogar no Cruzeiro, mas se existir algum imprevisto no contrato, eu poderia ir para o Cerro Porteño.

Isso pra mim soa como um jogador que mudou de ideia e está doido pra algo dar errado no acordo com o Cruzeiro. E ele quer jogar no Cerro para ser treinado pelo Arce. Sim, aquele Arce, um dos melhores laterais que já vi jogar, que passou pro Grêmio e Palmeiras, e cruzava a bola como um anjo (se um anjo cruzasse uma bola).

Mas quer saber, Elisa? Você já firmou compromisso com o Cruzeiro, e a gente vai pagar o que você pediu, então fica na sua e vem ser o novo Sorín aqui. Se o Arce diz que um lateral é bom, eu confio e já coloco minhas expectativas lá em cima.

E por falar em expectativas (eu juro que foi uma feliz coincidência), se formos depender de apelidos, temos um novo Ramires no elenco. Bruno Edgard, volante da base, é chamado pelos companheiros de Bruno Ramires (que consegue ser mais horrível que Bruno Edgard) e pode ser mais um jogador a integrar o elenco profissional em breve. Perguntado sobre o apelido, ele diz:

Tranquilo. Inclusive, eu gosto. Na verdade, eles chamam (de Ramires) por causa do estilo de jogo parecido, das passadas largas. Eu chego muito à frente. Na mesma hora que estou no ataque já estou na defesa. Aí me apelidaram assim.

Olha, eu não sou um especialista, mas se Bruno Ramires consegue estar, como ele mesmo disse, no ataque e na defesa “na mesma hora”, o apelido dele não devia ser Ramires e sim The Flash, ou Onipresente. Mas acho que temos tempo para mudar esse apelido. Apesar de ter sido campeão brasileiro sub-20 em 2012 e premiado como o melhor jogador da competição, Bruno Ramires ainda não é a primeira opção de volante para subir da base. Eurico, jogador de 19 anos, é o preferido de Raul Plassmann para integrar o elenco profissional do Cruzeiro.

O Eurico é um jogador de marcação, de contenção, é primeiro volante. Ele tem uma noção muito grande de espaço e tem uma característica muito importante, que é chutar muito bem. Embora seja magro, ele tem uma batida muito forte na bola. É um jogador que vai chegar lá em cima (no profissional) para ficar.

Pelas palavras de Raul Plassmann, Eurico é mais marcador, e pode ser a solução caseira para um “problema” que vejo na equipe, a falta de um primeiro volante. Sim, Nilton vem fazendo ótimo trabalho na posição, e forma ótima dupla com Lucas Silva. Mas acho que ele tem mais características de segundo volante, posição em que jogou por toda a carreira e que começou a desempenhar no Cruzeiro, antes de Leandro Guerreiro envelhecer 90 anos em um dia e não conseguir mais jogar em alto nível.

Para finalizar, como hoje é aniversário do Cruzeiro, as pessoas esperam o anúncio de um grande reforço para a disputa da Libertadores. Já virou um evento. O Cruzeiro prometeu, milhões de anos atrás, anunciar alguém importante nessa data, e os torcedores esperam religiosamente, todo dia 2 de janeiro, por essa contratação bombástica. Já falaram de Nilmar, que disse ser quase impossível voltar para o Internacional (??) no final do ano passado.

Eu acho, mas só acho mesmo, que as pessoas deveriam parar com isso. Afinal, não é sempre que podemos fazer uma contratação incrível no dia 2 de janeiro como Edílson Capetinha em 2002.

Não me siga

Michael Renzetti

Não sei nada sobre táticas, sobre jogadores, sobre times - bom, na verdade eu acho que não sei nada sobre futebol. Mas eu gosto de opinar.
Não me siga