Protesto das organizadas mostra o quanto elas não apoiam o clube

Tempo de leitura: 3 minutos

Sinto que os torcedores “organizados” se acham especiais. Eles trazem a música para o estádio, batem seus bumbos e fazem o restante da torcida os acompanhar. E isso é legal, é o cerne de uma torcida de futebol, apoiar seu time com quaisquer meios necessários. Outra coisa legal, “diferenciada”, que a torcida organizada faz é acompanhar seu time em jogos fora de casa. São os “heróis” que viajam por todo o país e até para países vizinhos e cantam, batem seus bumbos e etc para apoiar seu time a todo custo.

O problema é que eles não só acham que são especiais, mas agem como tal. Acham que são representantes da torcida. Que seus “protestos” são válidos e/ou de acordo com o que pensa o torcedor “comum”. Ah, o torcedor comum. O coitadinho que não tem bumbo, tempo ou dinheiro para acompanhar o time longe da sua cidade.

Na verdade não existe nenhuma diferença entre o torcedor organizado e o comum. Só, aparentemente, muito tempo livre para poder largar trabalho (partindo do pressuposto que os torcedores organizados trabalhem fora da torcida) e correr atrás do clube.

Qualquer pessoa pode pegar um bumbo, uma música de axé qualquer ou uma cópia de música argentina, e criar uma paródia homofóbica, com rimas pobres. Mas muita gente prefere só torcer pelo clube, sem se envolver com esse tipo de torcedor organizado, que na maioria dos casos é diretamente responsável pela violência no futebol. Alguém duvida que a violência diminuiria se não existisse esse tipo de torcedor? Que se esconde atrás de uma facção para agredir pessoas? Eu não tenho dúvidas.

Mas tudo bem, vamos nos esquecer da violência, dos problemas e nos focar em torcer. Esse organizado não é o “especial”, que ama o time muito mais que qualquer torcedor comum? Não é ele que canta o tempo todo para apoiar? Na minha opinião, um torcedor tão diferenciado assim seria o primeiro a apoiar o time em tempos ruins. Seria o torcedor que faria uma grande festa, que cantaria o máximo possível para sua equipe superar as dificuldades.

Mas o que vemos com esse protesto das organizadas é que eles são os primeiros a dar as costas para o clube em momentos difíceis, são os primeiros a ameaçar, gritar, protestar, na hora que os jogadores mais precisam de apoio. E isso, pra mim, é o pior tipo de torcedor que alguma equipe poderia ter. São as pessoas que criam as crises, colocam uma pressão negativa na equipe, acabam com todo o clima da partida ou da competição.

O Cruzeiro não está em crise. Apenas perdeu duas partidas decisivas, como aconteceu com a equipe de 2013 no Mineiro e Copa do Brasil e a de 2014 na Libertadores e Copa do Brasil. Nossa equipe em 2015 ainda pode ser competitiva e disputar títulos, mas fica bem mais complicado quando sua própria torcida não tem confiança e joga contra. Não é isso que a torcida reclama da imprensa? Que tudo é crise, que tudo é contra o Cruzeiro? Agora estão fazendo a mesma coisa. Colocam as compreensíveis derrotas para Huracán e Atlético como culpa da diretoria, falta de meia e diretor de futebol. E se esquecem que o clube vem fazendo uma maratona absurda de partidas, que não deveria nem estar disputando o Campeonato Mineiro nessas datas em primeiro lugar.

Na minha opinião, o protesto só seria válido se o Gilvan tivesse fugido com o dinheiro do Cruzeiro, abandonado o clube, ninguém tivesse sido contratado, o técnico demitido, e o time jogado às traças. Mas o que vemos é uma diretoria que, infelizmente, não conseguiu segurar seus melhores jogadores mas fez de tudo para reconstruir uma boa equipe para lutar por títulos. E isso não deve ser motivo para protestar.

Até a próxima.

  • Eles estarão lá fora do Mineirão rezando por esses 30 minutos à espera que um diretor de futebol apareça em campo e faça um gol. Vai que dá certo? PRA QUE DIABOS SABER DE COISA INTERNA NA HORA DE UM JOGO IMPORTANTE???
    Só gente imbecil mesmo.

  • Pedro Paulo

    Concordo com tudo, esses caras pegam um bumbo e acham que com isso se tornaram os donos da verdade. Muito bom o texto, pelo jeito os dias sem @mikerenzetti na tl estão fazendo bem kkkk